O seu browser não suporta JavaScript!
   15 Outubro | 05:09
Separador Notícias e informação específica
Separador Notícias e informação específica
Separador Notícias e informação específica
Separador Notícias e informação específica
Separador
Separador
Port of Lisbon
Puerto de Lisboa
Portal do Porto de Lisboa
O Porto de Lisboa
Estatísticas Online
Espaços
Visitas ao Porto
Centro de Documentação
Separador
Separador
Portal do Porto de Lisboa . O Porto de Lisboa . Segurança . Movimentação de Navios . Serviços Prestados a Navios
Imprimir Imprimir
Serviços Prestados a Navios Serviços Prestados a Navios
Abastecimento de combustíveis e trasfega de cargas líquidas
As operações de abastecimento de combustíveis a navios, efectuados por barcaça ou carro-tanque, bem como as operações de trasfega de carga líquida, a granel, directamente entre navios ou entre navio e carro-tanque ou vice-versa, obedecem aregulamentação específica (10.b Abastecimento de Combustíveis e Trasfega de Cargas Líquidas). Entende-se como abastecimento de combustíveis a navios a transferência de produtos petrolíferos, ou outros combustíveis, a partir de qualquer embarcação ou carro-tanque e destinados à propulsão do próprio navio ou dos seus auxiliares, Impresso Abastecimento de Combustíveis, Directório - empresas de combustível
 
Abastecimento de Água
O abastecimento de água a navios na área portuária, com excepção da área afecta ao TMPB onde é efectuado pela empresa concessionária, encontra-se licenciado pela APL, SA à empresa:
 
Aguanave - Sociedade Abastecedora de Navios, Lda.
(certificaçãoISO9001:2000)
Contacto: José Lampreia
Telef: (351.) 21 392 80 50 Fax: (351.) 21 390 91 48

O abastecimento pode ser efectuado a partir de tomadas de água de muralha, existentes entre Alcântara e a Matinha, ou por barcaças em toda a área portuária, com a devida excepção acima referida.
 
A APL é responsável pelos programas anuais de controlo da qualidade da água fornecida a navios. São permissas do programa de controlo a escolha de pontos de amostragem que caracterizem a qualidade da água de todas as tomadas e barcaças e a sua distribuição ao longo do ano dando particular destaque aos meses que antecedem a chegada de navios de cruzeiros.
  
Link para O.S. com taxa de fornecimento de água.
 
Recolha de Resíduos
O serviço de recolha é assegurado pela APL,S.A., através de dois operadores contratados - AUTOVILA, S.A. e  IPODEC, Lda. - 24/24 horas, nos 365 dias do ano, em ambas as margens do Tejo.
Podem solicitar este serviço todas as embarcações/navios que escalam ou operam no porto de Lisboa.
Antes da entrada em porto os navios são obrigados a apresentar a Notificação de Resíduos no IAS-SDS (Escalas>Recolha de Resíduos>Notificação) ou por fax, caso não constem do sistema (Notificação de Resíduos). Estão isentos de notificação os seguintes navios:
a) navios de guerra;
b) embarcações de pesca e de recreio (estacionadas nas docas);
c) batelões sem propulsão e estruturas submersíveis / plataformas;
d) embarcações ao serviço da Autoridade Portuária ou licenciados;
e) embarcações ao serviço no porto (dragagens, reboques, etc);
f) embarcações de tráfego local e de marítimo-turística.
 
Os navios que pretendam descarregar resíduos, mesmo os isentos de notificação, deverão solicitar o serviço à autoridade portuária pelos menos com 3 horas de antecedência, através do preenchimento de uma Requisição de Recolha de Resíduos no IAS-SDS (Escalas > Recolha de Resíduos > Requisição) ou do envio do formulário Requisição de Recolha de Resíduos (link para formulário), se não figurarem naquele sistema.
O tarifário de resíduos pode ser consultado no Regulamento Tarifário da APL,SA, para 2007, correspondendo aos Artigos 26.º a 28.º.
Mais informações relacionadas com o Plano de Gestão de Resíduos de Navios e resultados da sua implementação, nomeadamente, dados estatísticos das recolhas efectuadas, podem ser consultados na página de Ambiente.
 
Qualquer dúvida, reclamação ou sugestão acerca do Sistema de Gestão de Resíduos de Navios e de Resíduos da Carga poderá ser encaminhada para a Direcção de Segurança e Ambiente - Serviço de Ambiente Portuário através do espaço Reclamações / Sugestões.
 
Amarração/Acostagem
Existem diversas empresas de acostagem licenciadas para operar no Porto de Lisboa que podem ser encontradas aqui.
 
Reparações
As regras inseridas nas Normas do Porto de Lisboa, destinam-se a regulamentar um conjunto de requisitos de prevenção e segurança a cumprir pelo armador e empresa reparadora sempre que se pretendam efectuar reparações em navios e embarcações atracados ou fundeados na área de jurisdição da Administração do Porto de Lisboa, S.A. (10.e Reparações, Impresso Reparações, Directório - Empresas Reparadoras)
 
Movimentação de granéis sólidos 
O transporte em navios graneleiros de alguns produtos secos, não embalados, de diversa origem e natureza, pode provocar condições à chegada ao Porto de destino, de qualidade da carga ou natureza da atmosfera, tendentes a causar sérios riscos na sua movimentação ou fazer perigar as condições de trabalho do pessoal envolvido em operações portuárias ou de fiscalização. Mais em 10.f Movimentação de Granéis Sólidos
 
Face à perigosidade que pode representar a entrada em espaços sujeitos à concentração de gases ou vapores tóxicos, nocivos ou explosivos, incluindo porões ou tanques de carga, espaços vazios entre tanques ou outro qualquer espaço circundante, o armador do navio ou seu representante, deve providenciar a ida a bordo de uma entidade devidamente qualificada, habilitada e treinada na utilização de equipamento de medição e com capacidade de interpretação dos seus resultados, a qual deverá certificar que quaisquer espaços utilizados para o transporte ou armazenagem de produtos agro-alimentares e carvões, a granel, como referidos acima, se encontram livres de vapores perigosos e sem deficiência de oxigénio.

Abastecimento de Combustíveis e de Cargas Líquidas

Abastecimento de Água

Recolha de Resíduos

Amarração/Acostagem

Reparações

Movimentação de Granéis Sólidos

Adobe Portable Document Format Abastecimento de Combustíveis e Trasfega de Cargas Líquidas
Adobe Portable Document Format Reparações
Adobe Portable Document Format Movimentação de Granéis Sólidos
Microsoft Word Impresso Abastecimento de Combustiveis
Microsoft Word Impresso Reparações

Abastecimento de Combustíveis e de Cargas Líquidas

As operações de abastecimento de combustíveis a navios, efectuados por barcaça ou carro-tanque, bem como as operações de trasfega de carga líquida, a granel, directamente entre navios ou entre navio e carro-tanque ou vice-versa, obedecem a regulamentação específica. Entende-se como abastecimento de combustíveis a navios a transferência de produtos petrolíferos, ou outros combustíveis, a partir de qualquer embarcação ou carro-tanque e destinados à propulsão do próprio navio ou dos seus auxiliares (Impresso Abastecimento de Combustíveis e Directório > empresas de combustível).


Abastecimento de Água

O abastecimento de água a navios na área portuária, com excepção da área afecta ao TMPB onde é efectuado pela empresa concessionária, encontra-se licenciado pela APL, SA à empresa Aguanave.

O abastecimento pode ser efectuado a partir de tomadas de água de muralha, existentes entre Alcântara e a Matinha, ou por barcaças em toda a área portuária, com a devida excepção acima referida.

Link para O.S. com taxa de fornecimento de água.

Pode consultar o Programa de Controlo da Qualidade da Água Abastecida a Navios e os respectivos resultados das análises efectuadas, na área de Ambiente.

Recolha de Resíduos

A APL,S.A. é responsável pelo Plano de Gestão de Resíduos de Navios e de Resíduos da Carga e presta o serviço de recolha 24 horas por dia, em ambas as margens do Tejo, por meio de empresas contratadas - AUTOVILA e IPODEC

Antes da entrada em porto os navios são obrigados a apresentar a Notificação de Resíduos a Bordo no IAS-SDS (Escalas > Recolha de Resíduos > Notificação) ou por fax caso não constem do sistema (Notificação de Resíduos a Bordo). Estão isentos de notificação os seguintes navios:
a - navios de guerra;
b - embarcações de pesca e de recreio (estacionadas nas docas);
c - batelões sem propulsão e estruturas submersíveis/plataformas;
b - embarcações ao serviço da Autoridade Portuária ou licenciados;
c - embarcações ao serviço no porto (dragagens, reboques, etc);
d - embarcações de tráfego local e de marítimo-turística.

Os navios que pretendam descarregar resíduos, mesmo os isentos de notificação, deverão solicitar o serviço à autoridade portuária pelos menos com 2 horas de antecedência, através do preenchimento de uma Requisição de Recolha de Resíduos no IAS-SDS (Escalas > Recolha de Resíduos > Requisição) ou do envio do formulário Requisição de Recolha de Resíduos (link para formulário), se não figurarem naquele sistema.

Os navios não isentos de Notificação, pagam uma taxa fixa, enquanto contribuição para o sistema de gestão de resíduos de navios, a qual cobre sem custos adicionais um serviço mínimo de recolha de resíduos sólidos que corresponde actualmente às necessidades de descarga daquele tipo de resíduos de mais de 70% das escalas anuais no porto.

Pela recolha de resíduos sólidos em quantidade supeior à coberta pelo serviço mínimo, ou de outros tipos de resíduos, como hidrocarbonetos e esgotos sanitários, é cobrada uma taxa variável função das quantidades e tipos de resíduos efectivamente entregues. Ver Regulamento Tarifário da APL,S.A. 2006

O Plano de Gestão de Resíduos de navios e Resíduos da Carga e os resultados obtidos com a sua implementação podem ser consultados em Ambiente.

Qualquer dúvida, reclamação ou sugestão acerca do Sistema de Gestão de Resíduos de Navios e de Resíduos da Carga poderá ser encaminhada para a Direcção de Segurança e Ambiente através do espaço Reclamações/Sugestões.

Amarração/Acostagem

Existem diversas empresas de acostagem licenciadas para operar no Porto de Lisboa que podem ser encontradas aqui..

Reparações

As regras inseridas nas Normas do Porto de Lisboa, destinam-se a regulamentar um conjunto de requisitos de prevenção e segurança a cumprir pelo armador e empresa reparadora sempre que se pretendam efectuar reparações em navios e embarcações atracados ou fundeados na área de jurisdição da Administração do Porto de Lisboa,S.A. (10.e Reparações, Impresso Reparações e Directório > Empresas Reparadoras)

Movimentação de Granéis Sólidos

O transporte em navios graneleiros de alguns produtos secos, não embalados, de diversa origem e natureza, pode provocar condições à chegada ao Porto de destino, de qualidade da carga ou natureza da atmosfera, tendentes a causar sérios riscos na sua movimentação ou fazer perigar as condições de trabalho do pessoal envolvido em operações portuárias ou de fiscalização. Mais 10.f Movimentação de Granéis Sólidos.

Face à perigosidade que pode representar a entrada em espaços sujeitos à concentração de gases ou vapores tóxicos, nocivos ou explosivos, incluindo porões ou tanques de carga, espaços vazios entre tanques ou outro qualquer espaço circundante, o armador do navio ou seu representante, deve providenciar a ida a bordo de uma entidade devidamente qualificada, habilitada e treinada na utilização de equipamento de medição e com capacidade de interpretação dos seus resultados, a qual deverá certificar que quaisquer espaços utilizados para o transporte ou armazenagem de produtos agro-alimentares e carvões, a granel, como referidos acima, se encontram livres de vapores perigosos e sem deficiência de oxigénio. 
  

 

 

 

Separador
Imprimir Imprimir
Separador
Utilidades
linhaNavios em Porto
linhaPrevisão de Chegadas
linhaRegulamento do Porto
Contactos APL

APL - Administração do Porto de Lisboa, S.A.
Gare Marítima de Alcântara
1350-355 Lisboa, Portugal
geral@portodelisboa.pt
Tel: +351 21 361 10 00

Nível Protecção 1
   


   
© APL Administração do Porto de Lisboa 2008
|
PrivacidadePrivacidade
|
Mapa do SiteMapa do Site
|
Ajuda do SiteAjuda do Site
|
Ficha TécnicaFicha Técnica
|
WebmasterWebmaster
|
Acessibilidade